Vemo-nos por aí...

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Sina em acordes diferentes

E até quando não me sais da cabeça, apesar do silêncio do tempo já não negar o inevitável, não deixo de esperar um sinal de ti. É ainda impossível não esperar aquela mensagem que me fará largar tudo nesse exacto momento, qualquer que seja a sua importância, e correr desenfreadamente para aquele beijo louco que vejo sempre no cinema. Nestes momentos, em que o mundo bem podia ser uma comédia romântica, é impossível não sorrir. E e a mesma música de ontem, agora numa outra cadência, parece alimentar o sonho.

Ao Sul by Isabel Silvestre on Grooveshark

Sem comentários: